Kit kat for life

Pra quem não sabe, minha história com kit kat já é antiga. Quando eu era pequena minha vó (Cerise) comprava pra mim e deixava guardada no guarda-roupas dela. Tinha uma portinha estreita que era sempre cheia de delicias.

Eu chegava na casa dela e ela já me avisava logo pra ir lá pegar no quarto dela. E eu amava esse chocolate. Mas, depois de um tempo parou de ser vendido no RS e eu não encontrei mais.

Ano passado, já morando em Salvador, ouvi que kit kat ia ser fabricado no brasil! Fiquei super feliz e pude provar de novo aquele gostinho de infância e amor de vó. É o chocolate mais gostoso de todos pra mim. (seguido por ferrero rocher, kinder bueno e twix – em todas as máquinas de chocolates e quaisquer bares vendem essas delícias com a maior facilidade).

[Kinder Bueno também tem gostinho de saudade de vó, porque eu roubava da vó Odila no restaurante dela! rs]

Felicidade a minha que morando aqui tem sorvete de kit kat e mais um monte de coisas derivadas dessa delicia que ainda vou provar.

Quem mais acha que kit kat é a maior gostosura do mundo?

Anúncios

Día de San Valentín

Pode não dar pra ver, mas o meu look e o de Carol é identico da cintura pra baixo. Hahaha. Estamos usando uma calça que compramos igual e uma bota também! Tiramos essa foto antes de ir pra Madrid no domingo.

Ontem eu fiquei com preguiça de postar, mas cozinhamos a noite para não ficar comprando almoço na faculdade, tá aí o resultado, já arrumadinho nos potinhos para levarmos pra faculdade. Lá é prático porque na cafeteria tem vários microondas e eles deixam disponivéis pratos e talheres para o uso dos alunos que quiserem trazer comida de casa.

Ah outra coisa que não comentei, a água aqui é potável, ou seja, você pode beber da torneira, então na cafeteria tem também várias jarras e copos que você pode pegar e servir água nas torneiras.

Nossas marmitinhas:

Hoje tivemos aulas maravilhosas. Diseño Digital, História del Arte, fotografia e Español, me sinto mais inteligente e culta depois desse dia.

Ao final das aulas viemos pra casa. Enquanto eu fui fazer um lanchinho as meninas foram roubar o sinal da internet do restaurante (siiim, ainda estamos sem internet e roubando dos vizinhos). Aí, eu chego na sala e vejo essa cena:

Vou explicar: Carol chegou e deitou em todo o sofá, e se negou a levantar porque tava confortável. Raissa revoltada sentou em cima dela, e assim ficaram. Inclusive eu levei gelatina pra Carol comer e ela comeu deitada, derramando tudo no cabelo. Sim, moro com gente maluca. Rs.

E pra encerrar o dia bem, não podíamos deixar de comemorar o Valentine’s Day em estilo, né? Fomos jantar fora, achamos umas pizzas em forma de coração que eram super fofinhas. Comemoramos o dia dos namorados sem nossos amores, rs.

Essa foi a minha pizza de frango com milho e queijo. Juro, é deliciosa!

(nota: caso more ou vá morar em villa, é a pizzaria em frente ao mercadona, chamada Telepizza)

Pizza romantica da Carol, de queijo provolone, cheddar e tomate fresco.

Raissa, nada romantica pediu uma redondinha mesmo! hahaha. Era só de queijo.

De sobremesa? Sorvetinho delicioso. Procurem esses sorvetes, vale a pena experimentar, são maravilhosos.

E assim acaba nosso dia dos namorados sem namorados por perto!

E vocês? O que fizeram no dia dos namorados? Contem aí nos comentários!