Saudade existe pra quem sabe ter?

As coisas que machucam de verdade e por muito tempo são as coisas boas. As ruins acontecem, machucam e passam. As boas machucam sempre que não podem se repetir ou já passaram e não voltam mais, mesmo que nos façam sorrir de emoção quando lembramos delas.

Assim como perder alguém, dói por saber que os bons momentos vão ficar se repetindo pra sempre e o tempo todo, porém apenas na memória e no coração, não mais fisicamente.

Por isso hoje passei um dia bem tristinho, já que seria aniversário de alguém que eu queria muito poder abraçar, comemorar e dizer coisas que, apesar de não ter tido chance enquanto ele estava vivo, sei que deixei claras com minhas ações.

Vô, lembro de não ver a hora do dia passar pra eu ir deitar com você assistir TV e ouvir suas histórias. Lembro de esperar ansiosamente a gente pegar a velha Kombi quando eu era criançinha e ir pra chacará e eu me esconder pra vó não saber que eu estava junto pra visita-lá.

Lembro que sua frase que mais se parecia com alguém querendo ser bravo, era: ”Ai ai, vai ter linguiça na porta”. E na verdade isso sempre era dito com um sorriso no rosto.

Lembro, mais ainda da nossa música, que você iniciava toda vez que me via com: ”Laurellinha, Laurellinha do…” e eu encerrava ”meu coração”.

Lembro de ficar correndo pelo restaurante Solar até cansar e ralar os joelhos, ir chorando pro colo do vô e ele me benzer: ”Te benzo, te curo, com bosta de burro”. Depois dessa eu ficava rindo tanto que nem lembrava mais da dor.

Ainda não me acostumei com o fato de não estar mais entre nós, a ficha demora pra cair…

Te amo, sinto tua falta.

Obrigada por tudo que fez por mim durante sua vida e por fazer parte de quem sou hoje, sei que se estou onde estou você tem uma boa porcentagem de responsabilidade. Obrigada por me dar o prazer e privilégio da sua companhia durante anos e me ensinar que a vida é feita de felicidade e de amor.

E pra responder a pergunta do título, tá errado o autor que diz que ”Saudade existe pra quem sabe ter”. Eu, definitivamente só sei morrer de saudade.

Um beijo e perdoem o desabafo, não podia deixar em branco.

Feliz Cumpleaños

Hoje o post é especial e com lágrimas. Eu tô triste porque é aniversário do meu vôzinho e eu nem posso ligar pra ele, nem sequer eu tenho um celular por aqui, e meu tio não tá online pra eu ligar no skype e falar com meu vô. Mas enfim, depois peço pra lerem esse post pra ele.

Vô, feliz aniversário. Eu gostaria que estivessemos perto para eu poder comemorar contigo e te dar um abraço bem apertado. Sinto falta do senhor todos os dias, já que até poucos anos atrás a gente se visitava todos ou quase todos os dias, e eu já morei contigo e com certeza foi uma época maravilhosa, já que sempre aprendo muito contigo.

(pausaaa pra secar as lágrimas, que beleza de saudade)

Quero que saiba que te admiro demais pela tua inteligência, porque não houve um dia que eu perguntasse algo sobre qualquer coisa da vida e o senhor não soubesse me dar uma resposta clara e bem detalhada, sempre compartilhando muito conhecimento. Te admiro pela tua força e coragem e pelo amor que tens por todos, e pelo prazer que tens em ajudar sempre a todos. Te admiro porque és o melhor.

Feliz aniversário e espero que no próximo ano possamos comemorar juntos. Ou quem sabe ainda nessa ano comemoramos o meu aniversário juntos. Seria ótimo, não? Um beijão vô, não esquece que eu te amo e morro de saudades.

Beijos da tua Lelinha, a gringa.